Institucional

Edição nº1439 – sexta-feira, 30 de abril de 2021

Presidente da AF participa de debates sobre desenvolvimento

O presidente da AFBNDES, Arthur Koblitz, participou de dois eventos virtuais recentes que discutiram temas importantes para a economia brasileira: 

– “Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação” em evento da ARCA (Carreiras Públicas pelo Desenvolvimento Sustentável) – 26 de abril – com a participação de Caetano Penna, pesquisador da Universidade de Utrecht e professor do IE-UFRJ; Marco Antônio Rocha, pesquisador do NEIT-IE/Unicamp; Mayra Juruá, assessora técnica do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos; e Renato Dagnino, professor de Políticas de Ciência, Tecnologia e Inovação na Unicamp.

“Ciência, Tecnologia e Inovação são ingredientes essenciais para o desenvolvimento sustentável e o alcance das metas estabelecidas pela ONU. É urgente que o Brasil desempenhe políticas, programas e mecanismos inclusivos, integrados e comprometidos com o futuro”, sustentaram os organizadores do encontro. 

Link para o vídeo: www.youtube.com/watch?v=-MhD997I8pI  

– “Bancos de Desenvolvimento e Diversificação da Estrutura Produtiva” (Ciclo de Debates “Dinheiro para quê? MMT e o desafio brasileiro da reindustrialização”) – 22 de abril – com a participação de Paulo Gala, Uallace Moreira e Kaio Pimentel.

“Mariana Mazzucato chama atenção para a importância das ‘finanças pacientes’ para o desenvolvimento tecnológico de países emergentes. O salto de escala e tecnológico das indústrias de países pobres e de renda média não vai ocorrer sem políticas adequadas que recuperem o papel dos bancos públicos como por exemplo o BNDES. A experiência asiática da segunda metade do século XX demonstra que é incontornável a constituição de um sistema financeiro formado pela interação virtuosa entre grandes bancos comerciais públicos e privados articulado a bancos de desenvolvimento de grande porte, regulados e supervisionados, capazes de desenvolver instrumentos financeiros destinados para o crédito de longo prazo. É bastante reconhecida a necessidade da intervenção do Estado em processos que envolvam externalidades positivas e negativas, informação assimétrica, incerteza, risco elevado e concentração do poder econômico. Entre as externalidades positivas estão a construção de infraestrutura e outros bens públicos, como a geração de conhecimento científico e tecnológico, papel que muitas vezes cabe ao investimento público e apoio de bancos estatais”, ressalta texto sobre o debate.

Link para o vídeo: https://youtu.be/QEMru2FvSBU  

 

Editorial

1. Ataques à governança e transparência do BNDES pela diretoria

Institucional

“Teto de gastos e as consequências para a sociedade brasileira” em debate 

Institucional

Começa a Conferência Amanhãs Desejáveis, promovida pela UFRJ

Opinião

Charge de Nelson Tucci

 
 

EDIÇÕES ANTERIORES

(a partir de 2002)

PESQUISA

Atividades culturais são tema de pesquisa da Associação

prodrigues

Expositores da última mostra cultural da AF, em 2019

A AFBNDES está planejando atividades culturais virtuais para reduzir o distanciamento social em tempos de pandemia e gostaria de ouvir a opinião dos associados a respeito.

Responda a pesquisa AQUI e contribua com esse planejamento. É bem rápido! 

Clube do Livro com curadoria da AF, apresentações virtuais de teatro e música com artistas independentes, exposição de fotografia virtual, cinedebates virtuais em torno de filmes disponíveis na internet, saraus infantojuvenis de música e literatura...

São várias as propostas e ideias! Qual é a sua?